CEI-DPE/SP Prova Oral

O CEI já se tornou reconhecido como o curso que mais aprova em concursos das Defensorias Públicas. Já realizamos mais de 20 cursos preparatórios para a fase oral, tendo obtido, em todos, os maiores índices de aprovações. Agora prepararemos você para a prova oral da Defensoria Pública do Estado de São Paulo. O curso será realizado, presencialmente, em São Paulo/SP, entre os dias 25 (sexta) a 27 (domingo) de outubro de 2019.

Investimento

R$2.000,00
em até 10x sem juros


Conteúdo total:

  • 3 encontros presenciais

Veja alguns pontos importantes sobre o funcionamento do curso:

  • Desde a inscrição os alunos já poderão ingressar em grupo de whatsapp com os professores para conversar sobre a prova oral da DPE/SP.
  • Na sexta-feira, o curso iniciará às 17h e compreenderá, até às 18h30, as seguintes atividades: 1) aula expositiva com o professor Caio Paiva, defensor público federal, com dicas sobre técnicas práticas para enfrentar uma prova oral; e 2) exposição de professores que foram examinadores de concursos anteriores da prova oral da DPE/SP (Tiago Fensterseifer, Felipe Pires e Leonardo Scofano), assim como de professores membros da DPE/SP relatando as suas experiências como candidatos (Júlio Camargo e Giancarlo Vay).
  • Após um intervalo para lanche (oferecido pelo curso), de 19h às 21h30, será realizado um primeiro período de arguições. No sábado, 26, as arguições começarão às 8h e irão até às 19h, com intervalo para almoço e lanche da tarde (este, oferecido pelo curso). No domingo, 27, as arguições começarão às 8h e irão até 12h, quando ocorrerá o encerramento do curso.
  • Para garantir ao aluno muitas arguições simuladas com os professores-examinadores, os professores serão salas e os alunos separados em grupos de no máximo 10 alunos, realizando-se um rodízio dos grupos entre as bancas. Os integrantes de cada grupo poderão assistir as arguições de seus colegas, o que 1) contribui para aprender com os erros e com os acertos dos colegas, 2) assim como para acompanhar o gabarito comentado de um número maior de questões.
  • Após o encerramento do curso, os alunos terão acesso a um material contendo todas as perguntas feitas durante o curso com os comentários dos professores.
  • Atenção: disponibilizaremos apenas 45 vagas para esse curso.
  • Vestimenta para o curso: não é obrigatório o comparecimento às arguições do curso com vestimenta formal.
  • Local do curso: será informado aos alunos com até 10 dias de antecedência do curso.
  • Compromisso CEI: o aluno que for reprovado na prova oral poderá solicitar o ressarcimento integral do valor investido em cursos do CEI.

Ficou com alguma dúvida?
Entre em contato no e-mail facocursocei@gmail.com

CORPO DOCENTE

O CEI se reserva no direito de modificar o corpo docente caso seja necessário.

Caio Paiva (Direito Processual Penal, Direitos Humanos e Princípios Institucionais da Defensoria Pública) Defensor Público Federal, Especialista em Ciências Criminais. Autor dos livros Audiência de Custódia e o Processo Penal Brasileiro e Prática Penal para Defensoria Pública, além de coautor do livro Jurisprudência Internacional de Direitos Humanos.

Leonardo Scofano (Direito Constitucional) Defensor Público de SP. Pós-Doutorado em Democracia e Direitos Humanos pelo IGC/CDH da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Doutor e Mestre em Direito Constitucional pela PUC-SP. Ex-examinador de concursos públicos para Defensorias Públicas

André Ribeiro Giamberardino (Direito Penal) Defensor Público do Estado do Paraná, Professor da UFPR e da UP, doutor em Direito (UFPR) e Mestre em Direito (UFPR) e Criminologia (Università di Padova). Coautor com Massimo Pavarini do livro “Teoria da Pena e Execução Penal – Uma Introdução Crítica” (Lumen Juris).

Júlio Camargo de Azevedo (Direito Processual Civil e Direitos Difusos e Coletivos) Mestrando em Direito Processual Civil pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Direito Processual Civil e Bacharel pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). Coordenador do Grupo de Estudos de Direito Processual Civil da Defensoria Pública de São Paulo (GEDPC-DPSP). Membro do Centro de Estudos Avançados de Processo (CEAPRO). Membro colaborador do Núcleo Especializado de Promoção dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (NUDEM). Mediador formado pelo Instituto de Mediação Transformativa. Professor convidado de Cursos Preparatórios para Concurso Público e de Cursos de Pós-graduação. Vencedor do VII Prêmio “Justiça para Todas e Todos – Josephina Bacariça” na categoria Defensor Público.

Tiago Fensterseifer (Direitos Difusos e Coletivos e Princípios Institucionais da Defensoria Pública) Doutor e Mestre em Direito Público pela PUC/RS (Ex-Bolsista do CNPq), com pesquisa de doutorado-sanduíche junto ao Instituto Max-Planck de Direito Social e Política Social de Munique, na Alemanha (Bolsista da CAPES). Atualmente, realiza pesquisa em nível de pós-doutorado junto ao Instituto Max-Planck de Direito Social e Politica Social de Munique (2018-2019). Conselheiro eleito do Conselho Superior da Defensoria Publica do Estado de São Paulo (2008-2009). Membro-colaborador do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Publica do Estado de São Paulo (2007-2012). Examinador das disciplinas de Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direitos Difusos e Coletivos e Princípios Institucionais da Defensoria Pública de diversos concursos para o cargo de Defensor Publico Estadual (DP/SP, DP/SC, DP/BA, DP/ES, DP/AM, DP/AP). Autor, entre outras, das obras Defensoria Pública, Direitos Fundamentais e Ação Civil Pública (São Paulo: Saraiva, 2015) e Defensoria Pública na Constituição Federal (Rio de Janeiro: GEN/Forense, 2017); coautor, juntamente com Ingo Wolfgang Sarlet, das obras Direito Constitucional Ambiental (6.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2019, no prelo), Direito Ambiental: Introdução, Fundamentos e Teoria Geral (São Paulo: Saraiva, 2014), obra finalista do Premio Jabuti 2015, na Categoria Direito, e Princípios do Direito Ambiental (2.ed. São Paulo: Saraiva, 2017); coautor, juntamente com Ingo W. Sarlet e Paulo Affonso Leme Machado da obra Constituição e Legislação Ambiental Comentadas (São Paulo: Saraiva, 2015). Defensor Público do Estado de São Paulo (desde 2007).

Giancarlo Vay (Direito da Criança e do Adolescente) Professor de Direito da Criança e do Adolescente. Defensor Público do Estado de São Paulo, com atuação na área da infância e juventude. Foi membro do Núcleo Especializado de Infância e Juventude da DPE/SP (2014/2015). Presidente do Grupo de Trabalho de Infância e Juventude do IBCCrim (2015-2016) e coordenador-auxiliar da unidade de Santo André da DPE/SP (2015-2016). É autor de diversos artigos disponíveis na internet e em periódicos.

Thimotie Aragon Heemann (Direitos Humanos e Direito Constitucional) Promotor de Justiça do Estado do Paraná. Graduado em Direito pela Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul/ESFMP. Especialista em Processo Penal Internacional. Coautor do livro Jurisprudência Internacional de Direitos Humanos. Professor de Direitos Humanos e Direito Constitucional do Curso CEI. Palestrante. Autor de artigos publicados em revistas especializadas.

Felipe Pires (Direito Civil) Doutor em Direito Civil pela PUC/SP. Defensor Público do Estado de São Paulo. Professor da Universidade Católica de Santos. Autor do livro "O abuso do direito nas relações possessórias" (Lumen Juris).

Daniel Chiaretti (Filosofia do Direito e Sociologia Jurídica) Juiz Federal Substituto em Foz do Iguaçu – PR (aprovado no XVII Concurso do TRF4). Bacharel em Direito e Filosofia pela USP. Mestre e Doutorando em Ética e Filosofia Política pela USP. Ex-Defensor Público Federal. Coautor da obra "Comentários ao Estatuto dos Refugiados" (Ed. CEI - 2019).